Conheça o estudo sobre métricas e dados de atendimento e vendas por WhatsApp de 2022

Black Friday + Copa do Mundo? Como o WhatsApp vai auxiliar nessa combinação

O que você vai ler

Pela primeira vez a Black Friday vai acontecer durante os jogos da Copa do Mundo, no dia 25 de novembro, um dia após a estreia da seleção brasileira no campeonato. E quando o maior evento de futebol do mundo coincide com uma data comercial tão relevante, é natural que surjam muitas dúvidas. Nessas horas, é importante analisar bem as tendências para que, mesmo com um cenário desfavorável, você marque um golaço em vendas.

E para se preparar para esta Black, sua estratégia digital precisa estar muito bem desenhada. Afinal, 80% dos consumidores que afirmam que têm interesse em comprar na Black, pretendem fazer isso por canais digitais como o WhatsApp.

Entenda a seguir qual é a importância deste canal para a Black e saiba como ele pode ajudar você na sua presença digital. 

Copa do Mundo impulsiona compras



A boa notícia para os varejistas é que a Copa do Mundo impulsiona o comércio. A prova disso é que 70% dos brasileiros pretendem comprar uma camisa do Brasil, e muitos vão à procura de itens de moda como roupas e acessórios verde e amarelo. Esse é um dos motivos que torna o setor de Roupas e acessórios o grande destaque desta Copa, com 47% de intenção de compra.

Outro comportamento que vai influenciar as vendas são as reuniões entre amigos e familiares. Segundo o Google, houve um aumento significativo na procura pelos termos relacionados a churrasco, já mostrando essa intenção. Outro item que vai ser muito visado é a televisão, pois 1 em cada 4 brasileiros pretende comprar um aparelho maior para assistir aos jogos.


Mas por que o WhatsApp será o atacante das vendas da Black Friday?



Na quinta-feira antes da Black Friday, o brasileiro vai assistir a estreia do Brasil na Copa do Mundo. Consegue imaginar a euforia? Segundo pesquisa do Google, 47% dos brasileiros estão mais engajados nesta Copa em comparação  a Copa passada.

Agora imagine o comportamento do consumidor no dia seguinte a partida, sexta-feira de Black Friday. Quem vai te contar como será é nossa parceira da Meta, Dafne de Souza.

(assista à entrevista completa aqui)

“Uma coisa é certa: vai estar todo mundo no WhatsApp, em grupos, trocando memes, figurinhas. Então mais uma vez as marcas precisam estar nesse canal que o consumidor com certeza vai estar.” Dafne de Souza (Channel Partner Manage da Meta)

Outro profissional da Meta que nos dá um spoiler de como será essa combinação é o Rafael Driendl.

“Nesse cenário, onde teremos uma Black e Copa do Mundo, a grande preocupação é a distração do consumidor. E o melhor canal para prender a atenção é o WhatsApp, principalmente pela velocidade da resposta a por poder efetuar o pagamento no próprio app. Isso é a segunda tela real: você pode comprar e assistir aos jogos ao mesmo tempo” Rafael Driendl (Head of Sales & Business Development da Meta)


(assista essa e outras entrevistas do Chat-commerce Talk Show aqui)



Opt-in. Ainda não começou? Comece já.


Já entendemos a importância do WhatsApp nesta Black. Mas para que o seu canal seja um aliado de verdade em suas vendas, você precisa ter uma base de consumidores que possa enviar mensagens ativamente. Desta forma você pode usar o WhatsApp para fazer marketing das suas promoções, resgatar carrinho abandonado e informar o consumidor sobre status de pedido e status de pagamento, por exemplo.

E para isso, você precisa do consentimento do usuário, afirmando que aceita receber mensagens da sua marca no WhatsApp. Existem duas principais formas de fazer isso: pelos meios tradicionais ou pelo próprio WhatsApp. Os preenchimentos de formulários, seja no seu e-commerce ou nas lojas físicas, agora precisam de um campo afirmando que seu consumidor aceita receber mensagens suas no Whats. A outra forma é fazer isso no próprio canal, com um bot que pergunte diretamente ao consumidor se ele deseja receber mensagens ativas

Cashback, promoções, frete grátis. Conquiste seu cliente pelo bolso.


Depois de ter o consentimento do seu consumidor, você pode realizar campanhas promocionais no WhatsApp. E você sabe por que essas mensagens ativas vão fazer tanta diferença? 1 em cada 4 brasileiros afirmam que a situação financeira piorou nos últimos 2 anos e 66% acredita que a inflação pode subir ainda mais até o final do ano.

Ou seja, as promoções precisam ser ainda mais agressivas, trazendo descontos reais e vantagens competitivas perante a concorrência. E com o WhatsApp em mãos, o consumidor pode receber uma mensagem atrativa da sua marca com grandes vantagens, reforçando ainda mais a sua estratégia de marketing.

Carrinho abandonado: WhatsApp a favor da sua Black Friday.



Como sabemos que o consumidor vai ter muitas distrações esse ano, já estamos prevendo o grande abandono de carrinho no e-commerce. Mas você sabia que o WhatsApp é um excelente canal para recuperar carrinho abandonado?

Nos 4 primeiros meses de campanhas de carrinho abandonado entre os clientes da OmniChat, foram resgatados mais de 4,5 milhões de reais, com aumento de taxa de conversão e do ROI das campanhas de WhatsApp. Ou seja, só perde carrinho quem realmente nãos e preparou

Pós-venda: siga o relacionamento com o seu cliente

O WhatsApp é um excelente canal para seguir o relacionamento com seu cliente no pós-venda. Informações básicas como Status de Pagamento e Status de Pedido podem ser automatizadas, enviadas ativamente para os consumidores com uma estrutura simples de bot.

Depois da finalização da compra, outra função do WhatsApp que vai fazer muita diferença na Black é o transbordo do atendimento para o SAC da sua marca. O atendimento pode ser direcionado para a sua equipe de SAC, resolvendo qualquer problema com o produto com muito mais agilidade. 

Notícias Relacionadas